Atualizações do Mês - Dezembro

7.1.18

Eu assistindo todos os filmes dos quais vou falar nesse post

Olar, calopsitas amadas! Como vão? Eu estou numa correria que só, porque percebi que janeiro já está passando na velocidade da luz e eu tenho milhões de coisas para fazer, sem brincadeira, tanto é que eu estou escrevendo esse post freneticamente (igual esse gif) enquanto espero a pizza que chamei há uns 5 minutos e quero muito terminá-lo antes dela chegar (o que obviamente não vou conseguir, porque eu falo pakas e tem muuuuita coisa nesse post, risos). E hoje eu tomei uns cafés, estou bem frenética. Não que café me afete muito em geral, mas acho que hoje exagerei, ou tomei muito rápido, não sei. É que tenho um freela pra terminar o quanto antes, mas ao invés de fazê-lo, estou aqui escrevendo o post, porque sou pro: procrastinadora master. A questão é que, quanto antes eu terminar de escrever o post, mais tempo e tranquilidade terei de fazer o freela, que na verdade já está bem encaminhado. Mas, err, deixa eu voltar ao tópico aqui: hoje, trago-vos novamente as atualizações do mês! Não de qualquer mês, mas do último mês do ano de 2017, para podermos encerrar com chave de ouro e começar 2018 propriamente dito (aliás, esse é o primeiro post do ano, agora que vi). Alguns dos filmes aqui mencionados eu vi este ano mesmo (mais precisamente, ontem/anteontem), contudo achei que seria válido citá-los aqui, pois do contrário: 1) Esse post ficaria meio pobrinho; 2) Eu perderia minha empolgação sobre eles, e gosto de falar sobre as coisas quando estou bem empolgada. Isso dito, vamos logo ao que interessa, certo? ;)

Exposição O Castelo Rá Tim Bum ★★★★★♥

Eu fui nessa exposição já faz uns meses (acho que lá pra setembro do ano passado), mas tinha esquecido completamente de falar sobre ela por aqui! lol Bem, eu estava super ansiosa para ir a essa exposição porque o Castelo Rá Tim Bum foi literalmente minha infância. Meus pais diziam que eles tiveram que gravar todos os episódios em fitas porque minha irmã e eu pedíamos pra assistir toda hora! Então ficou lá, junto com a coleção da Disney que temos até hoje (sério, temos muitas fitas e dá muita dó de jogar fora). Mas agora, voltando à exposição: é sensacional, linda, maravilhosa, eu amei! Me senti no castelo, me senti a própria Penélope, a própria Morgana, os próprios Tíbio e Perônio. Tinham todos os ambientes do Castelo, até o portão tinha aquele porteiro e ele falava com a gente na entrada; tinham todas as salas e quartos e a cozinha, tudo muito igual e com várias coisas interativas! O lugar que mais gostei foi, claro, a biblioteca. Eu era encantada pela biblioteca quando assistia à série, e adorava especialmente o Gato! E vê-lo lá, naquele meio de um monte de livros (e eram livros de verdade, gente, de verdade!!!) foi sensacional. Estava impecável! A única coisa meio chata é que no dia que fui tinham várias excursões de escolas, e sabem como são excursões de escolas, né. Mas enfim, ainda assim, consegui aproveitar bastante e tirar algumas fotos! A minha filha também gostou, mas teve uma hora que ela cansou de ficar andando lá (pois realmente tem muitos ambientes, dá pra ficar bastante tempo lá dentro, se você for ver tudo com calma, o que eu não consegui fazer por causa daqueles malditos adolescentes lol). E eu fiquei muito feliz de ter ido, porque lembram que teve essa mesma exposição há uns anos atrás, porém em outro lugar? Pois bem, daquela vez eu tentei ir também, mas não consegui!! E dessa vez eu finalmente pude ir, até porque estava em um lugar bem melhor (sério, eu amo o Memorial da América Latina, aliás, saudades de quando o Anima Mundi era lá </3). Bem, eu não sei se a exposição ainda está rolando (se não me engano, adiaram até fevereiro), então, quem tiver a chance, eu diria para aproveitar, porque vale super a pena! <3

Logan ★★★★★♥
"Em 2029, Logan (Hugh Jackman) ganha a vida como chofer de limousine para cuidar do nonagenário Charles Xavier (Patrick Stewart). Debilitado fisicamente e esgotado emocionalmente, ele é procurado por Gabriela (Elizabeth Rodriguez), uma mexicana que precisa da ajuda do ex-X-Men para defender a pequena Laura Kinney / X-23 (Dafne Keen). Ao mesmo tempo em que se recusa a voltar à ativa, Logan é perseguido pelo mercenário Donald Pierce (Boyd Holbrook), interessado na menina." (sinopse retirada daqui)
Wow, esse filme é... Violento. Tipo, sério, até pros níveis de filmes de super heróis e tal, é super violento. Não que eu esteja reclamando disso nem nada, pelo contrário, eu adoro essas coisas, mas só avisando pra quem ainda não viu e fica meio impactado com coisas violentas: sim, esse filme tem umas cenas BEM tensas. xD Mas enfim! Que filme! Eu sempre amei os X-Men, tanto é que não perco um filme deles, desenho ou qualquer coisa (tirando os quadrinhos que ainda não li porque não sei por onde começar, preciso de um guia sdffsskfhs mas tenho muita vontade!), e obviamente o Wolverine é um dos meus personagens preferidos porque, bem, ele é o mais foda, convenhamos. Então, esse filme me deu vários apertos no coração, porque ele é inteiro muito melancólico e temos o Xavier lá meio gagá e temos aquelas crianças todas coitadas - enfim, é um filme bem pesado, na minha opinião. E, ao mesmo tempo que ele nos dá uma certa esperança, ele nos dá muita tristeza por conta de tudo o que aconteceu, obviamente. Acho que é o filme mais pesado, tenso e melancólico de todos os X-Men, porém, se eu tiver que chutar, posso dizer que é meu favorito. Eu gostei muito, tenho um fraco por essas coisas meio tristes mas que nos deixam com um floquinho de esperança, e acho que esse filme trouxe exatamente isso. Mas também ele põe meio que um ponto final naqueles X-Men que conhecemos... Então, é. É triste (chorei mesmo, falo mesmo), mas bonito e super recomendado pela minha pessoa. <3

Sing: quem canta, seus males espanta ★★★★★
"Um empolgado coala chamado Buster decide criar uma competição de canto para aumentar os rendimentos de seu antigo teatro. A disputa movimenta o mundo animal e promove a revelação de diversos talentos da cidade, todos de olho nos 15 minutos de fama e US$ 100 mil dólares de prêmio." (sinopse retirada daqui)
Awww, essa animação é sensacional! Eu vi várias vezes em partes, mas então finalmente consegui assisti-lo completo e é muito bom! Primeiro, porque se trata de música e pessoas animais que tem o sonho de cantar, coisa que eu me identifico um pouco (como sempre me identifiquei com Glee). A animação é muito bonitinha e, seguindo os passos de Zootopia (embora seja de estúdios diferentes), temos animais personificados vivendo em cidades onde não existem humanos. Mas o ponto nesse filme não é discutir o preconceito e a desigualdade social como em Zootopia, mas sim falar sobre sonhos e frustrações que a vida nos faz passar - e às vezes até nos faz querer desistir de tudo - por não conseguirmos realizá-los. Temos diferentes personagens com diferentes características e personalidades, mas o ponto forte, é claro, são as músicas e o sonho em comum de todos eles que é cantar. Ai, eu adoro essas coisas, falo mesmo (e chorei sim)! <3 Recomendo, é claro.

A Bailarina ★★★★
Paris, 1869. Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris para realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras. (sinopse retirada daqui)
Eu encontro até animações cult pra assistir HAHAHA Bem, esse filme, na verdade, eu vi o trailer no cinema quando fui ver Moana, se não me engano, e fiquei muito interessada porque me lembrou Yuri on Ice (tanto é que minha irmã assistiu comigo e nós chegamos à conclusão de que é um Yuri on Ice versão hétero e com ballet ao invés de patinação no gelo -qq sério gente ignorem esse tipo de comentário, eu to zoando). É uma animação franco-canadense (para quem não sabe, a França é o berço da animação) e eu me surpreendi, porque achei que seria uma história simplezinha e rasa, mas na verdade é um puta drama (bom, não chega a ser nada muuuito complexo e talz, mas mais forte do que eu imaginava). A personagem principal é muito carismática e adoro ver gente como ela, com tanta força de vontade (e, no caso dela, talento e principalmente paixão também). Mas minha personagem preferida foi a ex-bailarina Odette, sem dúvidas. Eu gostei do Victor também (lol, taí mais um motivo da gente dizer que é uma versão de Yuri on Ice xD), mas tive que ver dublado em português e a voz dele ficou meio esquisita. Bem, é um filme com alguns clichês e tudo o mais, mas a história é bem bonitinha e a animação é 10/10 (mesmo não sendo nível Pixar), e a trilha sonora também é ótima! Por mais filmes de estúdios diferentes fazendo sucesso. <3 (falando nisso, ainda preciso zerar a minha lista de 340234734 filmes do Estúdio Ghibli pra ver... D:)

Quatro Vidas de um Cachorro ★★★★☆
"Um cachorro morre e reencarna várias vezes na Terra. Embora encontre novas pessoas e viva muitas aventuras, ele mantém sempre o sonho de reencontrar o seu primeiro dono, Ethan, seu maior amigo e o grande amor de sua vida." (sinopse retirada daqui)
Ok, por que raios eu resolvi assistir a esse filme? Por queeeee? Mano. Filmes de cachorro são a minha fraqueza. Minha criptonita. Pra vocês terem uma noção, o filme que eu mais chorei em toda a minha vida foi Para Sempre ao Seu Lado (que, se eu não me engano, tem o mesmo diretor deste filme). Então, é. É tipo uma tortura assistir filme de cachorro, porque nossa, como eu choro. E eu nem tinha a intenção de assisti-lo, tanto é que eu já ia desligar a TV e dormir, mas eu vi uns 5 minutos do começo e já prendeu meu interesse e lá fui eu ver o filme todo. lol Enfim! Como já sabem pelo título, isso que vou falar não é nenhum spoiler: o cachorro morre várias vezes. Porque, bem, ele vive quatro vidas, e cada uma das vezes que ele morria era um rio de lágrimas. E nem é um drama tão grande quanto em Para Sempre ao Seu Lado, mas não sei, a carinha daqueles cachorros, e a forma como era o próprio dogo narrando, sei lá, acabou comigo. Eu gostei bastante da história, e ele traz uma mensagem bem bonitinha no final. Eu sei que rolou umas polêmicas lá atrás quando estreou, dizendo que um dos cachorros foi maltratado e tal; não sei se foi confirmado ou o que saiu desse caso (acho que era mentira, no fim), mas enfim, acabei vendo o filme e acabei me emocionando e é isso aí. Se vocês querem chorar muito, muito, tá aí a recomendação. xD

Star Wars: The Last Jedi ★★★★★♥
"Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Rey (Daisy Ridley) busca entender o balanço da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Paralelamente, o Primeiro Império de Kylo Ren (Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde." (sinopse retirada daqui)
Eu amo esse gif ASIDDSFKJLD
No dia seguinte a que assisti ao filme do cachorro, fui ao cinema ver Star Wars TLJ. Wow. Primeiro de tudo: eu não esperava nada disso. Nada do que aconteceu (bem, talvez uma ou outra coisa), nada eu esperava. Foi tudo bem surpreendente pra mim e eu sinceramente gostei MUITO desse filme e chorei várias vezes. Pô, bicho! Eu sei que tinha muita gente criticando, mas na verdade, entre os futuros cabíveis, eu até achei que escolheram um caminho bem bacana pra seguir. Cada cena eu ficava: e agora? E agora? E AGORA???? E o Luke? E a Leia? E A REY? E O KYLO REN? E O FINN? E O POE? AHDSDFIUA e por aí vai, é um filme onde acontece MUITA coisa, tem um vai e volta com vários ganchos entre os "núcleos" de personagens (bem novela da Globo, você tá lá no clímax e pula pro outro núcleo xD Não tô criticando, acho um estilo de narrativa bem interessante e que casou bem com o filme, falow). Eu já tinha me apaixonado pelo Poe no primeiro filme, agora nesse então? Pff. Esse homi! <333 (não, olhem só pra isso: www, www, www, www, www) E eu gostei do desenvolvimento de personagem dele, deu pra ver que eles focaram nisso porque ele apareceu bem mais que no primeiro; ele dá umas escorregadas, mas no final aprende bastante com um pisão da Leia. E a Leia! Ai, cara! Foi emocionante ver a Carrie Fisher ali, sério. É uma personagem tão forte e incrível, depois de tudo, tudo, tudo que ela passou e ainda tem forças para seguir em frente e liderar e ser otimista pelos Rebeldes. Leia é a melhor personagem! <33 Adorei também os personagens novos que apareceram! E, claro, o Luke, não é meixmo? Não vou falar nada para não dar spoilers (se é que eu já não dei algum com esses meus surtos sdahsdhjasd), mas enfim, eu queria muito muito muito saber o que tinha acontecido e a gente tem muitas explicações nesse filme. É o filme das explicações. Era o gancho principal pra Rey se compreender, e esse desenvolvimento todo também foi ótimo. Estou adorando esse protagonismo feminino todo nos novos filmes de Star Wars! <33 O Finn também; eu adoro o Finn, acho ele um personagem muito bom e profundo porque ele é, digamos assim, gente como a gente?? Só fiquei meio triste que o possível "romance" PoeXFinn foi massacrado nesse filme... Porém, eu posso aceitar isso e meu coração continua aberto. xD Bom, acho que é isso; agora só nos resta imaginar o que virá no próximo (e provavelmente último) filme dessa saga. Saí do cinema querendo assistir de novo, é fantástico! E querendo um Poe e um Porg e um BB8 pra mim HAHAHAHA Os Porgs são tão fofos, é tipo o gatinho do Shrek versão pássaro-alienígena! <3 Aliás, outra coisa da qual curti no filme foi um pouco a distância da ideia de "bem" e "mal", uma coisa que eu estou gostando também de ver em Shingeki no Kyojin (cito mesmo um dos meus mangás favoritos pra comparar a uma das minhas sagas de filmes favoritos, hunf) - de que, bem, "mocinhos" e "vilões" são somente palavras inventadas; as pessoas e o universo são coisas muito mais complexas do que isso, não existe preto no branco dessa forma. Uma vez que se consegue entender que existe um equilíbrio, é possível fazer as coisas darem certo. Então, yep! Assistam, né amores, não tenho mais nada a dizer. <3

Deixo aqui no final um gif dos meus maridos se reencontrando e o Finn tava peladão

Ufa; cala a boca, Helo! Como tu fala, muié! Desculpem amores, acabei me empolgando porque eu assisti muita coisa massa esses dias e quando eu me empolgo, eu me empolgo, fazer o quê. O foda é esperar mil anos de novo pras coisas IDASDJKAD sério, passa rápido, só que entre aspas. Ainda bem que esse ano vai lançar o filme solo do Han Solo (see what I did there?), embora eu não faça ideia do que esse filme falará sobre (tipo... antes de ele conhecer a Leia, provavelmente?) Enfim.

Bye! o/

P.S.: Eu escrevi a palavra "filme" mais de 30 vezes nesse post. HAHAHAHA